Você está aqui: Home

Home

Nutrição x Infecções no Trato Urinário

Avaliação do Usuário

Nutrição x Infecções no Trato Urinário

AS IMPLICAÇÕES DA ALIMENTAÇÃO NO SISTEMA URINÁRIO

Registre-se para ler mais...

Petit Suisse: Tudo que você queria saber (ou não).

Avaliação do Usuário

Tudo que você queria saber (ou não) sobre os Petit Suisse.

 

Quem não se lembra do comercial do famoso danoninho vale por um bifinho?
(Por favor, todas lembram né? senão vou me sentir muito velha...rsrrs) 

Para quem não se lembra ou que nunca viu, o video tá ai...

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=8aQtO58JP_M

 

O vídeo é de 1989... 

 Mas o que é Petit Suisse?

O petit suisse é um queijo mole, feito por coagulação láctea utilizando-se bactérias, enzimas ou coalho, onde pode-se adicionar frutas. Nos supermercados pode ser encontrado com foco da mídia voltado para o público infantil, com adição de vitaminas.

 A empresa  Proteste,  testou 7 marcas (em 2007), com o intuito de esclarecer se este tipo de “alimento” substitui um “bifinho” vejam a conclusão do teste:

Ao contrário do que anunciava a propaganda ele não vale por um bifinho nem por 1 iogurtinho, porque na verdade ele não pode ser considerado iogurte, o danoninho é um petit suisse, que seria um queijo "fresco" acrescido de um monte de porcarias. 

Qual a diferença de iogurte e petit suisse?

O processo de produção: que consiste na pasteurização, na fermentação e na concentração do leite de vaca, até que se torne um queijo fresco, não maturado.  Diferentemente do iogurte, na fabricação do petit suisse inclui-se a etapa de concentração da massa, com a retirada do soro do leite, o que resulta em uma consistência mais densa e um teor maior de proteína e cálcio. (não é bem assim!)

Dá uma olhadinha nos ingredientes que vêm no rótulo:

LEITE DESNATADO, XAROPE DE AÇÚCAR, PREPARADO DE MORANGO (ÁGUA, FRUTOSE, POLPA DE MORANGO, CÁLCIO, FÓSFORO, AÇÚCAR, AMIDO MODIFICADO, ZINCO, FERRO, VITAMINAS D E E, ESTABILIZANTES GOMA XANTANA, GOMA CARRAGENA E CARBOXIMETILCELULOSE, ACIDULANTES ÁCIDO TARTÁRICO E ÁCIDO CÍTRICO, AROMATIZANTE, CONSERVADOR SORBATO DE POTÁSSIO E CORANTE NATURAL CARMIM), CREME DE LEITE, CÁLCIO, CLORETO DE CÁLCIO, FERMENTO LÁCTEO, QUIMOSINA E ESTABILIZANTES GOMA GUAR, CARBOXIMETILCELULOSE, GOMA CARRAGENA E GOMA XANTANA. CONTÉM GLÚTEN. PODE CONTER TRAÇOS DE CASTANHA DE CAJU.

E mais, em uma pesquisa realizada pela associação brasileira dos direitos do consumidor, revelou que ele tem muito mais corantes e muito mais açúcar do que se imagina, e ao contrário do que anunciam não tem a quantidade de vitaminas e ferro falada. (segue abaixo a pesquisa).

 

Pesquisa Proteste sobre Petit Suisse:

 

Açúcar demais, proteína de menos!!!

“Conforme apuramos em nosso teste, os "Petit Suisse" apresentam açúcar em excesso, o que é prejudicial à saúde das crianças, que acabam se acostumando ao paladar doce desde cedo”.

 

Se uma criança de 7 a 10 anos consumir um potinho, estará ingerindo 27% do limite diário máximo de açúcar de absorção rápida. Se tiver de 4 a 6 anos, 32%. Valor diário muito acima do ideal  recomendado – no máximo, 10%.

Imaginem para os babys?..... mamães, parem e pensem se vale a pena expor o seu filho a isso...

 

Fonte de cálcio e outros minerais

Embora sejam fontes comprovadas de minerais e proteínas, os testes provaram que os “petit suisse” não contêm a quantidade de minerais declarada no rótulo. Os maiores problemas foram detectados nos teores de ferro e cálcio: as quantidades informadas no rótulo eram inferiores às realmente existentes no produto.

E ainda te enganam, e você acredita?

 

Marcas Testadas

 

- Batavinho           - Chambinho              - Danoninho

- Itambezinho        - Ninho Soleil             - Parmalatinho

- Vigorzinho

 Fonte: proteste

 (teste feito em 2007 pela PROTESTE, e ate hoje nenhuma declaração das empresas testadas sobre este teste)

 

A maioria das mães me confidenciam que  oferecem o danoninho ao filho, de sobremesa, devido a “fama” que a mídia provocou em cima do “produto”.

O danoninho é um produto lácteo, portanto dado após as refeições atrapalha a absorção do ferro, então além de não ser bom pra nada, ainda atrapalha o que faz bem. PODE CAUSAR ANEMIA.

DANONINHO NÃO É SOBREMESA, É GULOSEIMA.

sobremesa é fruta!!!!

Com estas informações, se ainda assim,  houver o interesse em utilizar este produto na rotina alimentar de sua família, leia mais esta informação:

 

Muito importante, veja informações no rótulo:

 

A idade recomendada da indústria alimentícia de acordo com a necessidade diária de uma criança é de 4 anos!. (Informação citada no rótulo do produto)!!!

Quando questiono as mães, sobre esta informação,  me respondem que nunca haviam percebido esta informação, e por isso,  fazem uso deste produto, na mesma época em que introduzem  as papinhas na rotina alimentar  para seus bebes!!!!

Seria por isso que muitas crianças apresentam alergia desde cedo?

 

 

 

DICAS “SIMPLES” PARA EMAGRECER E PERDER BARRIGA?

Avaliação do Usuário

 

DICAS “SIMPLES” PARA EMAGRECER E PERDER BARRIGA?

Não ....eliminar a barriguinha, não é fácil, precisa muito além de e exercícios abdominais, “dietas”.....precisa de FOCO!

Como eliminar a saliência abdominal (barriguinha) é uma das perguntas mais frequentes.

A cada 10 pessoas 11 se preocupam com este problema.

Sabemos que a gordura da barriga é realmente o tipo mais perigoso de gordura pois são causadores de muitas doenças perigosas.

Prepare-se, pois será preciso mais do que apenas abdominais! Um dos motivos de começamos a ganhar barriga é quando os nossos níveis de cortisol estão altos. O stress é um dos principais culpados para os altos níveis de secreção de cortisol.

Quando isso acontece, o cortisol inibe a manutenção e acumulo de massa magra (o tipo de tecido que queima calorias de forma mais eficiente) e também promove o armazenamento de gordura na região abdominal.

O estresse pode até piorar com uma dieta muito restritiva. Estudos mostram que o estresse causado pela dieta pode aumentar os níveis de cortisol, não fazendo qualquer mudança na gordura da barriga, mesmo com restrição calórica.

Sendo assim, como perder barriga? Vamos adiante!

O Segredo: alimentos termogênicos e mais 10 dicas.

Canela, gengibre, pimenta, salmão, chá verde... todos são alimentos termogênicos, que são capazes de acelerar o metabolismo das gorduras e eliminá-las mais rapidamente. “Eles oferecem uma ajuda expressiva na eliminação da gordura abdominal. Se você utilizar, por exemplo, a canela como adoçante, vai perceber uma grande diferença”, (para quem tem pressão alta, deverá ser orientada por um Nutricionista.

Outra recomendação é salpicar gengibre ralado por cima de saladas e alimentos, ou misturar com sucos.

1 - Invista em alimentos fibrosos

Chia, granola, semente de linhaça e todos os outros alimentos ricos em fibra são comprovadamente eficazes para a perda de centímetros na circunferência abdominal. “Eles funcionam como se fossem uma esponja no organismo, absorvendo gordura e carboidrato e eliminando através das fezes e da urina. Fazem uma espécie de faxina no corpo do que não é bom”, porem são alimentos que deveram ser consumidos com equilíbrio, pois muita fibra poderá acarretar em indisponibilizar a absorção de nutrientes, quando também poderá ocorrer uma constipação intestinal (prisão de ventre), procure sempre uma orientação com Nutricionista.

2 - Evite alimentos gordurosos

Para combater o acúmulo de gordura, nada melhor do que controlar a ingestão deste componente. Leites e derivados “gordos” e glúten são vilões neste caso. Comer carboidrato à noite também não é uma boa ideia. “O carboidrato é uma fonte de energia, então temos que ingerir quando o corpo for, de fato, utilizar. Se comemos à noite, o organismo não usa e acaba acumulando, principalmente no abdome”.

3 - Faça atividades aeróbicas

Não tem jeito: quem quer perder gordura localizada precisa praticar exercícios físicos. “As pessoas ainda têm na cabeça que, para perder barriga, é preciso fazer abdominal, mas não é só isso. Quem quer eliminar gordura precisa fazer exercício aeróbico, que acelera o metabolismo e facilita a queima” explica Marcio Atalla, professor de Educação Física e consultor do quadro “medida Certa” do programa Fantástico, que recomenda, pelo menos, 30 minutos diários de atividades como corrida, caminhada, natação ou bicicleta.

4 – Sono/ Descanso

Se você está trabalhando até tarde da noite, repense sobre isto. Quando seu biorritmo está desregulado, você acaba comendo mais. Quando você está cansado você produz mais grelina, que é um hormônio que provoca vontade de comer açúcar e outros alimentos acumulam gordura.

Perder o sono também pode alterar a sua produção hormonal, afetando seus níveis de cortisol, que causam a sensibilidade à insulina, as razões principais para a gordura da barriga! Obtendo cerca de 7 horas de sono por noite é uma das melhores coisas que você pode fazer para perder gordura da barriga.

5 – O açúcar é seu inimigo

Perder barriga envolve 80% uma dieta saudável. Reduza calorias, mas garanta muita proteína, legumes, leguminosas como feijão e lentilhas e substitua o mau hábito dos lanchinhos industrializados.

Lembre-se que não é apenas o açúcar refinado o seu inimigo, mas também todo carboidrato alto índice glicêmico. Os carboidratos viram açucar no sangue. Desta forma, o máximo possível os farináceos.

6 – Vitamina C

Como disse antes, quando você está sob estresse extremo, você secreta mais o hormônio cortisol. A vitamina C ajuda a equilibrar os picos de cortisol que acontecem quando você está sob este stress.

Além de ser uma boa maneira de combater um resfriado, a vitamina C também é essencial para a formação de carnitina, um composto usado pelo corpo para transformar gordura em combustível, fazendo desta vitamina seu parceiro para perder barriga.

Se você está passando por uma crise emocional, stress do trabalho, ou um ciclo vicioso de má alimentação, aumente a sua vitamina C. Isto vai te ajudar a neutralizar os efeitos colaterais do cortisol.

1 laranja após o almoço e após o jantar é uma pedida certeira e saudável.

7- Coma Gordura (boa!!!!)

Sim, isto mesmo! A gordura ajuda a queimar gordura e perder barriga. Como eu disse acima, é o açúcar que você ingere o seu maior inimigo, e não gordura. As boas gorduras incluem alimentos ricos em Omega 3, como salmão, abacate e nozes. Estes alimentos são cheios de nutrientes que ajudam a mantê-lo saciado durante todo o dia.

 8 – Evite restaurantes

É um fato que a maioria dos restaurantes, e não apenas os fast food, usam muito óleo e ingredientes que estão “cheios” de calorias e outras substâncias que as pessoas que querem perder barriga devem evitar. Coma menos em restaurantes ou escolha onde comer com sabedoria.

Se você tem tempo, aprenda a cozinhar. Se você faz suas próprias refeições, você saberá exatamente o que contém nos alimentos. Desta forma você poderá controlar quais ingredientes que você vai usar mais e menos para preparar seu prato preferido e saudável.

9 - DEFINA OBJETIVOS ALCANÇÁVEIs (metas)

É vital ter metas de curto, médio e longo prazo. Mas você deve sempre definir metas pelas quais você possa conseguir. Se você definir metas que são muito difíceis e você falhar, a motivação vai embora facilmente. 

10 – Evite Dietas, e FORMULAS “mágicas”, siga uma Reeducação Alimentar.

Já disse muitas vezes e não custa nada repetir, a verdadeira dieta saudável (Reeducação Alimentar), só deve ser orientada e prescrita por um profissional capacitado, ou seja, um NUTRICIONISTA! Lembrem-se cada organismo funciona de um jeito, pois temos rotinas e atividades completamente diferentes das outras pessoas, então apenas um profissional capacitado poderá orientá-lo a descobrir o melhor caminho para uma vida saudável de acordo com as suas necessidades.

 

 

Goji Berry. Será que já não temos bastante fruta no Brasil???? precisamos ir atras do que vem de fora?????

Avaliação do Usuário

 

 
Goji berry in natura
 
Goji berry desidratada
 

Todos os dias surgem noticias de pessoas que aderiram na sua rotina alimentar a determinado alimento, e percebemos que a febre no momento é com  Goji berry, nunca havia visto ou ouvido falar e, claro, nunca comi. Talvez até experimente um dia, mas realmente não lembro e nem estou curiosa para saber, se ela aparecer se oferecendo na minha frente no cardápio de algum lugar, vou experimentar, mas enfaticamente, eu não vou sair desesperada a caça das vermelhinhas atual vedete das estrelas.

Vejo na mídia que enaltecem somente  os benefícios da tal fruta: fibras, 20 aminoácidos, até mesmo os essenciais, como o triptofano (precursor da serotonina e isso faria com que a pessoa que a ingerisse ficasse de bom humor), 8 vezes mais vitamina C do que a laranja, além do apelo de que esta também ajudaria a perder peso e, claro, famosos como Madonna, Kate Moss e etc já incorporaram a fruta no dia-a-dia porque são ricos e famosos. Porque o preço dela não é bom quanto o marketing... por 150g você paga "apenas" R$20,00.


Meu maior medo quando aparecem esses tipos de matéria na mídia é a falta de crítica das pessoas ao assistirem ou lerem sobre este ou aquele alimento, é a nova fruta da moda e daqui a pouco todos sairão atrás dela e de seus efeitos milagrosos, assim como há um tempo atrás era a soja, depois foi a quinoa e a chia.

E o que todas elas têm em comum?

Nenhuma é brasileira.

A quinoa é nativa do Peru, Chile e Colômbia;

A chia, do México e da Guatemala;

A soja, originária da China e do Japão e a goji berry, do Tibete.

Além disso, todas elas foram colocadas na mídia como o milagre do emagrecimento e do bem estar.

Vou contar um segredo: (e não arranquem os cabelos!!!!)

Não existe milagre!!!.

 
 
 
 
 

Você não vai emagrecer tomando cápsulas de goji berry ou proteína hidrolisada de soja ou uma colher de sopa de quinoa.

Não estou dizendo que elas fazem mal, pode haver benefícios como acrescentar fibras a alimentação e outros micronutrientes e antioxidantes, mas não é necessário ir tão longe para conseguir isso: toda fruta, verdura, legume, leguminosa tem algo bom para oferecer.


Nós temos mania de valorizar o que é de fora, achar que é melhor, mas acho que já passou da hora de valorizarmos as frutas provenientes do nosso próprio país. Já mencionei em outro post sobre quantas frutas temos aqui e não as conhecemos, nunca as experimentamos!!!

Dica:  

seria muito mais interessante uma vez por mês combinar com a família, amigos para um passeio: uma visita ao Mercado Municipal de sua cidade e gastar essa pequena fortuna conhecendo e saboreando novas frutas, não é uma excelente idéia?.

E sobre os benefícios, aqui vai o exemplo:

Acerola 100g de acerola possuem 941,4mg de vitamina C

Laranja 100g de laranja possuem 53,7mg  vitamina C.

A Acerola (nesta comparação), possui 17 vezes mais vitamina C do que a laranja (TACO, 2011);

Sobre os aminoácidos, que tal comer a combinação clássica brasileira: arroz e feijão?! E se a alimentação for rica em folhas, legumes, cerais integrais, fibras não vão faltar.

Recomendo também, um site que conheci há pouco tempo e me deparei com frutas que me aguçou a curiosidade, é o Site do Sitio do Belo.

http://www.sitiodobello.com.br/

lá tem uma lista de frutas nativas, que com certeza em um futuro breve, algumas destas frutas será a coqueluche do momento, assim como ocorre hoje com o açaí.

O ponto no qual quero chegar é: não é necessário comprar uma fruta da china que nem sabem se há produção no Brasil e cara para chegar a uma alimentação saudável. Nosso país é cheio de plantas comestíveis que adorariam ser reconhecidas e valorizadas, além de ajudar na divulgação do comércio local e dos pequenos produtores.
E sempre fique atento quando lançarem mais um alimento da moda!.

 

 

Pagina 2 de 2

Quem Está Conectado?

Temos 199 visitantes e Um membro online

  • Eta-Canada.mew

Visitantes

492892
Hoje
Ontem
Nesta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Geral
355
493
848
487679
15385
17770
492892

Seu IP: 177.81.39.45
Hora do Servidor: 2017-07-24 09:43:01

Coach

Logo_Coach.png
DESIGN_BY

Distributed by SiteGround